Logo_Pt

Bandeira_Chi

Notícias e informações


Reunião dos ANRS com uma Delegação da Agência de Noticias Xinhua


Os Amigos da Nova Rota da Seda são soldados e pioneiros na construção da Iniciativa Uma Faixa Uma Rota e na participação de Portugal na Nova Rota da Seda Marítima do Século XXI.


No passado dia 15 setembro a Direção e os Coordenadores dos Grupos de Trabalho receberam uma Delegação da Agência de Noticias Xinhua com o objetivo de lhes dar a conhecer a ANRS e o trabalho que está a ser desenvolvido em diversas áreas.


A Delegação era composta por:

Sr. Ji Bin – Editor Chefe da Revista Outlook da Xinhua
Sr. Wang Zhengzhong - Diretor do escritório da Xinhua na Província de Anhui
Sr. Ren Weidong - Diretor do escritório da Xinhua na Província de Gansu
Sr. He Lingling - Diretora do escritório da Xinhua na Província de Zhejiang
Sr. Ling Guangzhi - Diretor do escritório da Xinhua na Província de Hainan
Sr. Li Mi – Vice-diretora da Divisão de Assuntos Estrangeiros da Xinhua

A reunião teve lugar na Fundação Casa de Macau das 15h30 às 17h30 e nela foram apresentados os objetivos e metodologia de trabalho da ANRS tendo sido referido o contexto de relacionamento histórico de Portugal com a China nomeadamente através de Macau mas também o grande estreitamente de relações bilaterais nos tempos recentes reforçada com a assinatura em 2014 durante a visita do Presidente da República Portuguesa à China de uma Parceria Estratégica de Cooperação Abrangente Bilateral e a importância de Portugal na construção da Iniciativa da Faixa e Rota muito especialmente na vertente Atlântica da Nova Rota Seda Marítima do Século XXI. Na sequência deste enquadramento os coordenadores dos diversos grupos de trabalho fizeram o ponto da situação das sugestões de cooperação Portugal-China já identificadas em diversas áreas e que estão em fase de desenvolvimento ou de programação de ações.

O Sr. Ji Bin chefe da Delegação e elogiou o trabalho que os Amigos da Nova Rota da Seda estão a desenvolver e encorajando a sua continuação e classificando-os de soldados e pioneiros na construção desta iniciativa e na participação de Portugal na Nova Rota da Seda Marítima do Século XXI tendo também afirmado que essa participação de Portugal é considerada pela China como muito importante. Referiu ainda que é um processo em aberto que se vai construindo, que não pode ser só um trabalho de governos sendo a participação da sociedade civil relevante e que no centro desta iniciativa deve estar o ser humano e a preocupação de entendimento entre os povos na construção de um mundo melhor para todos.